A atividade empreendedora na era da informação digital

Updated: Mar 3


Por Elizandro Duarte

-

A ideia de que as redes sociais se constituem apenas plataformas digitais desenvolvidas para agrupar pessoas com interesses em comum já faz parte do passado. Atualmente, as mídias digitais se transformaram em poderosas ferramentas comerciais e de intercâmbio de informações e não existe nenhum segmento de mercado que pode se dar ao luxo de negligencia-las.


Redes como o Facebook e o Instagram, por exemplo, são acessadas diariamente por milhões de pessoas em todo o mundo. E a boa notícia para os empreendedores brasileiros é que os usuários de internet no país estão entre os mais ativos do mundo, ou seja, a oportunidade de dialogar e construir uma boa imagem de marca é ainda maior.


Uma pesquisa desenvolvida recentemente pela Câmara dos Deputados e pelo Senado indicou que 79% dos entrevistaram afirmaram que o WhatsApp é a sua principal fonte de informação. Estudos na área indicam que, atualmente, mais de 136 milhões de brasileiros possuem conta nesta rede.


De acordo com a professora de Marketing Digital do Centro Universitário Internacional Uninter, Maria Carolina Avis, “a verdade é que pessoas acreditam em pessoas e o aplicativo acaba sendo uma fonte de informação confiável, embora saibamos que as fake news são facilmente distribuídas por lá também”.


Essa ideia de que “pessoas acreditam em pessoas” pode ser explorada de maneira muito positiva por parte dos empresários. Através de um planejamento de comunicação eficiente é possível utilizar o WhatsApp verdadeiramente como canal de vendas e faturar ainda mais, independente do ramo de atuação.


A informação mais consumida na atualidade é a digital e saber utilizar as ferramentas corretas na área é essencial para os empreendedores que buscam o sucesso.