A criatividade como alavanca para gerar negócios e fazer o bem

Updated: Aug 4, 2018

Por Elizandro Duarte

-


O escritor e médico Maxwell Maltz, que desenvolveu uma série de estudos ligados à autoimagem das pessoas em busca de uma vida bem sucedida, falando sobre criatividade certa vez afirmou que “a vida está cheia de desafios que, se aproveitados de forma criativa, transforma-se em oportunidades”.


A frase aplica-se com perfeição ao mundo dos negócios. É através da necessidade em superar os desafios e os obstáculos da vida cotidiana que algumas das mais importantes inovações da humanidade surgiram.


Atualmente, a criatividade também pode ser uma importante força motora para produzir e disseminar atitudes e práticas positivas. Ou seja, unindo o talento empreendedor, a percepção de um bom negócio e a vontade de fazer o bem, é possível desenvolver ações que, além de bons resultados, também aumente a qualidade de vida das pessoas.


Um bom exemplo disso vem do México e está ligado ao segmento artístico. Os idealizadores de um show de rock tiveram a ideia de unir a música e saúde infantil. A ideia do projeto era que os participantes do evento, ao invés de pagar a entrada, doassem o cabelo para a produção de perucas que seriam utilizadas para aumentar a autoestima de crianças que passam pela quimioterapia. A iniciativa foi um absoluto sucesso e os metaleiros só precisaram esperar um pouco mais para ter a cabeleira novamente.


Outro exemplo relevante do uso da criatividade como alavanca para a promoção do bem foi protagonizado pela fotógrafa e sabedora catarinense Geneviève Bernardoni. A profissional das imagens utilizou sua experiência profissional e muita criatividade para capturar belíssimas imagens de mulheres ao lado de cães-guias. O material deu origem a um calendário cujo objetivo era arrecadar fundos para a Escola Helen Keller, especializada no treinamento desses animais.


É importante destacar que nesse mês de abril, mais precisamente no dia 24, é celebrado o Dia Internacional do cão-guia, uma data considerada extremamente importante para a inclusão dos deficientes visuais e, por que não, pode ser também usada como inspiração para a criação de outros projetos ligados à área.


Para os empreendedores que buscam formas de unir a capacidade de gerar bons negócios com o interesse em compartilhar o bem, uma boa alternativa é a realização de cursos voltados aos temas escolhidos. Para incentivar essa vertente solidária, a Sabedorama disponibiliza em seu site os cursos "A Orquestra - Senso Estético e Imagem" e “O Empoderamento Através da Fotografia”. As capacitações ministradas pela fotógrafa Geneviève Bernardoni, abordam diversas etapas do processo de criação da profissional, apresentam informações técnicas e práticas detalhadas para a realização dos trabalhos e estão disponíveis através do site www.sabedorama.com.


O mercado contemporâneo se caracteriza, acima de tudo, pela democratização. Assim, são praticamente ilimitados os nichos mercadológicos em que é possível unir a criatividade no desenvolvimento de um negócio com a vontade de fazer o disseminar o bem. Faz tempo que a sustentabilidade deixou de ser um item de estudo para ganhar o dia a dia das pessoas e das empresas. E a melhor forma de ser sustentável é colaborando com os outros e fazendo da sociedade, e do planeta, um lugar melhor para viver.


Crédito da imagem: Acervo Geneviève Bernardoni.


#criatividade #arte #fotografia #açãosocial