O valor da cultura organizacional na atividade empreendedora

Updated: Mar 3


Por Elizandro Duarte

-

Muitos empreendedores, ao iniciarem seus negócios, se preocupam de maneira acentuada com as questões ligadas à identidade da empresa. Dessa forma, fazem investimentos em questões como identidade visual, criação de logo e elaboração de uniforme como forma de padronizar suas ações e, assim, construir uma imagem junto ao público externo.


Entretanto, apesar de investirem em áreas mais ligadas à estética dos negócios, acabam deixando em segundo plano a criação e o desenvolvimento de algo muito importante, só que ligado a ética da empresa: sua cultura organizacional.


De forma geral, podemos identificar a cultura organizacional como sendo a base na qual se edifica uma empresa, ou seja, são as crenças, as tradições, os hábitos e as formas de atuação que compõe um negócio e tem como função básica identificar a organização.


Se pensarmos um pouco em algumas das grandes marcas ou empresas que conhecemos, certamente vamos lembrar um pouco de sua cultura organização. O apego à história corporativo, a forma de tratamento dos clientes, fornecedores e parceiros e, até mesmo, o respeito à hierarquia funcional são alguns exemplos de como a cultura organizacional se manifesta na prática.


Uma excelente notícia para quem está montando um novo negócio, é que todas as empresas, independente do ramo de atuação ou do tamanho, podem desenvolver um processo de cultura organizacional e construir as bases que irão moldar o andamento dos negócios.


O empreendedor, entretanto, precisa ter em mente que a cultura organizacional é um modelo de trabalho partilhado por um grupo de pessoas, ou seja, os colaboradores que estarão à frente do negócio. Por isso, é fundamental que os valores humanos sejam respeitados e, acima de tudo, que as práticas dialoguem de forma positiva com os funcionários, com os clientes e com a sociedade de maneira geral.


Criar padrões visuais como logotipos e logomarcas que tenha apelo junto ao público é, sem sombra de dúvidas, importante para o sucesso empresarial, mas tão essencial quanto criar uma imagem visual corporativa é estabelecer os conceitos que guiarão e nortearão as atividades.