O que o próximo ano reserva aos intraempreendedores?

Por Elizandro Duarte

-

Quando se fala sobre os resultados do segmento empresarial, é comum analisar os números e conquistas obtidas pelos empreendedores. Entretanto, um grupo cresce de forma contínua no mundo corporativo e vem desempenhado um papel cada mais expressivo nas organizações: os intraempreendedores.


De forma geral, os intraempreendedores são os profissionais que decidem fazer carreira em uma empresa sem esquecer a vontade de realizar e criar, ou seja, desempenham o empreendedorismo ativo mesmo dentro dos limites de uma empresa já estabelecida.


Para esses profissionais, algumas habilidades são necessárias para alavancar a carreira no próximo ano. O evento Summit Sua Carreira em 2020, realizado no início do mês de dezembro na cidade de Curitiba, antecipou algumas tendências importantes no que diz respeito à gestão de carreiras. Confira algumas das principais características dos profissionais do futuro debatidas no evento.


O aprendizado precisa ser contínuo

Se a mudança se tornou uma característica dos tempos atuais, os profissionais que desejam fazer sucesso especialmente na área empreendedora devem perceber que capacitações, cursos e especializações nunca são demais. O aprendizado precisa ser realmente continuado e isso independe da função desenvolvida.


A importância dos dados

A informação se tornou uma das mais valiosas moedas de troca do século XXI e, dessa forma, os dados se transforam em um recuso valiosa para qualquer organização. Isso significa que não adianta apenas o acesso aos conhecimentos, é fundamental saber filtra-los, absorve-los e utiliza-los como uma ferramenta estratégica em busca do sucesso corporativo.


O valor das “Soft Skills” no ambiente de trabalho

O LinkedIn divulgou, recentemente, um relatório intitulado Tendências Globais de Talento que identificou a competência interpessoal como a habilidade que mais exerce influência nas contratações das empresas brasileiras. Gestão do tempo, persuasão, criatividade, adaptabilidade e capacidade de colaboração são algumas das habilidades mais valorizadas no mundo dos negócios.


Responder com exatidão o que os intraempreendedores podem esperar do próximo ano não é tarefa fácil. Entretanto, desde já é possível antecipar que dedicação, comprometimento e vontade de fazer a diferença são alguns dos atributos necessários para os profissionais que decidirem seguir esse caminho.