+

Regulamento do Prêmio

#FizDiferente

_______________________

Prêmio #FizDiferente, Oferecido Por Sabedorama + Consulado da Mulher: Regulamento

Art. 1º - DA APRESENTAÇÃO E OBJETIVO

 

O Prêmio é uma iniciativa da Sabedorama e Consulado da Mulher, que tem por objetivo premiar uma mulher que se destaque por suas iniciativas empreendedoras em nossa comunidade.

Art. 2º - DO PÚBLICO ALVO

 

Podem participar mulheres maiores de 18 anos, empreendedoras atuantes em todo o Brasil, que estão sendo assessoradas pelo Consulado da Mulher. Do contrário serão automaticamente desclassificadas.

Art. 3º - DAS CATEGORIAS

3.1 – O Prêmio será concedido nas seguintes categorias de cases:

a) Fiz algo errado, aprendi e corrigi

b) Vi algum desafio, me envolvi e transformei

Art. 4º - DAS INSCRIÇÕES

4.1 – As inscrições estarão abertas a partir das 08h (oito horas) do dia 27 de novembro de 2020 e encerrarão às 23h59min (vinte e três horas e cinquenta e nove minutos) do dia 10 de janeiro de 2021.

4.2 – As inscrições serão gratuitas, no sistema online, disponível no endereço eletrônico sabedorama.com/premioconsulado, podendo ser realizadas pela própria candidata ou por terceiros.

4.3 – Para fins de cumprimento do prazo de inscrição será considerado o protocolo emitido pela internet no momento da inscrição.

4.4 – As candidatas participantes e/ou terceiros deverão observar os seguintes itens no ato de inscrição: I – cada inscrita poderá participar uma única vez e em apenas uma categoria; II – deverá ser observado o enquadramento do seu case com as características da categoria a que está concorrendo.

4.5 – Documentos necessários para efetivar a inscrição: a) correto preenchimento dos dados; b) história sobre seu case enfatizando os critérios de julgamento (criatividade; atuação inspiradora e autoresponsabilidade; sustentabilidade; trabalho em rede; resultados) ; c) resumo do case com até 500 caracteres; d) inclusão de foto de busto; d) vídeo de apresentação da candidata de até 3 minutos (opcional).

4.6 – O sistema de inscrição possui mecanismos de consistência relativos ao correto preenchimento das informações de cadastro das candidatas. Em caso de preenchimento incompleto a inscrição não será validada.

 

4.7 – É permitida somente uma inscrição pertencente a um mesmo negócio.

Art. 5º - DAS COMISSÕES JULGADORAS

 

5.1 - Haverá 1 (uma) comissão julgadoraa composta por: 2 (dois) diretores da Sabedorama.

5.2 – Não poderão integrar a comissão profissionais vinculados direta ou indiretamente a qualquer candidata.

 

5.3 – Os membros integrantes do processo de avaliação assumirão o compromisso de sigilo em relação aos dados e às informações que chegarem a seu conhecimento.

5.4 – A coordenação dos trabalhos é de responsabilidade de representante da Sabedorama.

Art. 6º - DO PROCESSO AVALIAÇÃO E JULGAMENTO

6.1 - A comissão julgadora selecionará 1 (uma) candidata de cada categoria e escolherá a vencedora, pautando seu julgamento pela observância dos seguintes critérios: a) Criatividade: buscar soluções inovadoras para a superação de obstáculos; b) Atuação inspiradora e auto responsabilidade: ações positivas de impacto no meio em que atua; c) Sustentabilidade: priorizar atitudes sustentáveis em seu trabalho e/ou empresa; d) Trabalho em rede: capacidade de envolver pessoas; e) Resultados: conquistas relevantes para o negócio.

6.2 – Os critérios serão avaliados a partir de pontuações dentro da escala de 01 a 03, de acordo com as informações relatadas no case e/ou constatadas no próprio local pela Comissão Julgadora, sendo 0 (zero) sem informações, 01 (um) razoável, 02 (dois) bom, e 03 (três) muito bom. a) serão finalistas 03 (três) candidatas de cada categoria que obtiverem maior número de pontos. b) se os fatos relatados ou informações prestadas não forem comprovados ou forem inverídicos, a Comissão Julgadora desclassificará a candidata.

 

6.3 – Se a Comissão Julgadora entender necessário, poderá visitar a(s) candidata(s) para fins de constatar a veracidade das informações prestadas no ato da inscrição.

 

6.4 – A comissão julgadora é soberana e contra sua decisão e julgamento não caberão recursos.

 

Art. 7º - DA PREMIAÇÃO

 

7.1 – Data da premiação: ocorrerá no mês de Janeiro/ 2021, em data a ser confirmada. 

 

7.2 – A vencedora somente será revelada no dia da premiação, em evento on-line.

7.3 – Será considerada apenas 1 (uma) vencedora, mediante análise do seu case pela Comissão Julgadora.

7.4 – No caso de empate, ou seja, se houver mais de 01(uma) finalista, será critério de desempate o voto da Diretora Geral e Criativa da Sabedorama.

7.5 – A premiação será a participação como Sabedora Coautora da próxima obra da Sabedorama e o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela vencedora.

7.6 – O prêmio é pessoal e intransferível.

Art. 8º - DAS OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADES DAS PREMIADAS

8.1 – A vencedora poderá ser convidadas a representar o livro no período de Jan/2021 a Julho/2022, sem qualquer ônus para os realizadores do prêmio e deverá manter-se em contato com a Sabedorama para alinhamento de sua narrativa e participação na obra.

Art. 9º - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

9.1 – A vencedora cede, sem ônus para os realizadores do prêmio, o direito de uso e a divulgação de sua história, imagens, sons e qualquer material complementar ou ilustrativo entregues para concorrer a este prêmio, ou dele oriundos, em eventos, palestras, feiras, mostras fotográficas, seminários, cursos presenciais, cursos virtuais, tradução para outros idiomas, assim como veiculação em todas as mídias disponíveis utilizadas pela Sabedorama e Sebrae e Consulado da Mulher, sem quaisquer restrições ou pagamentos, desde que vinculadas ao Prêmio.

9.2 – Os materiais produzidos em decorrência do prêmio serão de propriedade da Sabedorama e Consulado da Mulher, sem quaisquer restrições ou pagamentos.

9.3 – Não poderão participar deste prêmio, candidatas que tenham qualquer vínculo com representantes da comissão julgadora.

9.5 – As candidatas deverão se apresentar ao local da cerimônia on-line de premiação 30 minutos antes do seu início.

9.6 – Serão julgados apenas os cases em língua portuguesa, que se adequem ao objetivo e características do prêmio em questão.

 9.8 – Para a divulgação das candidatas vencedoras será considerada a grafia do nome que constar na ficha de inscrição. 

 

9.9 – É condição a presença das candidatas à cerimônia on-line de premiação sob pena de perderem o direito à mesma caso estejam entre as finalistas.

 

9.10 – Não cabe recurso da decisão da Comissão Julgadora, que se reserva o direito de recusar qualquer inscrição que julgar inadequada aos objetivos do prêmio, bem como cancelar os cases que não considerar suficientemente representativos.

 

9.11 – Os casos considerados omissos neste Regulamento serão submetidos à Comissão Julgadora do prêmio, cuja decisão será soberana, não cabendo recurso ou apelação.